E-mail marketing, preparado para crescer em 2015

O e-mail não é apenas o maior e mais consistente canal de marketing gerador de receitas, mas é o único apto para aumento de orçamento, escopo e importância, particularmente porque as plataformas especializadas em e-mail marketing e os profissionais de marketing, despertaram para aproveitar as vantagens do que está disponível em preços muito acessíveis.

Entre os dados de usuários já coletados, algumas conclusões são claras:

1) Os anunciantes de e-mail marketing não estão tirando proveito das ferramentas à sua disposição.

2) Há ainda mais receita a ser gerada através do e-mail assim que os profissionais de marketing comecem a adotar mais funcionalidades de personalização, automação, e criem estratégias que segmentem os clientes por diversos níveis de afunilamento.

Apesar de que produtos de varejo e consumo tenham a tendência de ir mais longe do que a maioria das indústrias, ainda vemos profissionais de marketing gerenciar grandes orçamentos (na escala acima de U$ 1 milhão), sem dominar até mesmo alguns dos princípios básicos do uso de e-mail para manter e monetizar clientes.

 

Vamos aos dados!

Onde seus consumidores costumam ler seus e-mails?

Onde seus consumidores costumam ler seus e-mails?
–       Não sei 18%
–       Computador / Laptop  40%
–       Celular 41%
–       Tablet 1%

Vemos que estes dados complementam outras pesquisas e nos levaram ainda mais longe. Dentro dos recursos de marketing que mais desapontaram na era do e-mail atual, o celular estava quase no topo em todas as áreas. Os usuários citaram a dificuldade de acesso e gestão através do celular, a falta de modelos adequados e recursos de design compatíveis com o celular.

 

Como você acompanha o rendimento gerado via e-mail marketing?Como você acompanha o rendimento gerado via e-mail marketing?

–       Com solução de e-mail marketing 1%
–       Não acompanhamos 30%
–       Painel de instrumentos de e-commerce 15%
–       Integração com web analytics 45%
–       Outro 9%

Nossos dados mostram usuários relatando uma média de 222% de ROI em seus serviços de e-mail. Já vimos isso em pesquisa anterior. A estratégia do e-mail funciona – desde o formato mais simples, que você envia campanhas para toda sua base sem segmentações continuamente. Você coloca 1 real e tem x reais de retorno. Portanto, vemos uma oportunidade imensa, já que a maioria dos profissionais de marketing relatam sua falta de conhecimento e entendimento sobre as receitas geradas por e-mails (e isso inclui entrevistados de alto nível no meio empresarial).

 

Qual ferramenta você vai utilizar mais em 2015, comparando com 2014?Qual ferramenta você vai utilizar mais em 2015, comparando com 2014?

–       Display 39%
–       E-mail 68%
–       Social 51%
–       Search 32%
–       Outros 5%

Prestadores de serviços de e-mail disponíveis para o mercado hoje oferecem alguns benefícios interessantes, por isso não é nenhuma surpresa que o e-mail marketing está pronto para aumentar em profundidade e amplitude em todos os setores. Com melhores dados dos consumidores e gerenciamento de campanhas mais acessíveis através de muitos provedores de serviços de e-mail,  pode-se melhorar o design dos e-mails com mais autenticidade e contexto. Os profissionais de marketing podem usar e-mail como uma ferramenta para conectar e envolver os clientes através de múltiplos canais. Os consumidores gostam de receber e-mails promocionais. Isso significa que o e-mail – canal de opt-in final – pode ser considerado como uma fonte de dados verdadeiramente confiável para todas as interações com o cliente. A perplexidade da identificação do marketing (mensagem certa, formatação adequada e pessoa certa) estará efetivamente resolvido com uma plataforma de e-mail marketing de confiança. Mas, como temos visto nas mais recentes pesquisas, ainda é preciso uma boa dose de conhecimento na área, independentemente do tamanho da empresa e orçamento disponível.

 

Fonte: VentureBeast Insight.